Tendinite: o que é, como surge e como tratar!

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Entenda o que é a tendinite, como ela surge, quais os sintomas, a melhor maneira de prevenir e o tratamento mais indicado quando ela aparece.

A tendinite é uma enfermidade que vem sendo muito mencionada devido ao uso excessivo de computadores e celulares, que demanda movimentos repetitivos. Trata-se de uma inflamação no tendão, apresentando dores e inchaços e que pode acontecer em qualquer articulação do corpo em que haja uma sobrecarga.

A fama da tendinite tecnológica atinge normalmente cotovelos, braços e dedos pelo seu uso repetitivo na digitação. No entanto, também atinge atletas, em especial nos joelhos e tornozelos, devido a corridas ou excessiva força numa área específica do corpo.

Como surge a tendinite?

A inflamação surge quando o tendão acaba recebendo uma sobrecarga ou repetição excessiva de um mesmo movimento. Por não ser tão elástico quanto o músculo e nem tão forte quanto o osso, a tensão de cargas grandes no tendão ou excesso de repetições acaba prejudicando essa estrutura.

Alguns fatores acentuam o aparecimento da tendinite como:

  •  Movimentos repetitivos que causam fadiga nos tendões, como o uso contínuo de máquinas industriais, digitação, aparelhos eletrônicos e alguns esportes;
  •  Doenças autoimunes, que fazem com que as células de defesa do corpo ataquem os tendões como se fossem inimigos, causando danos;
  • Estresse, que causa contratura muscular e fadiga;
  • Falta de alongamento muscular;
  • Excesso de atividades esportivas, ou mesmo exercê-las sem a técnica adequada;
  • Postura inadequada, muito frequente no trabalho, e até mesmo postura corporal no dia a dia

Além disso, pessoas que apresentam sobrepeso, obesidade ou têm musculatura fraca também têm tendência a desenvolver a tendinite com mais facilidade.

Quais os sintomas da tendinite?

Em geral, além da dor ao movimentar, a área fica inchada, quente e vermelha. Se o esforço permanecer, não havendo o repouso necessário, a consequência é uma atrofia muscular aliada à perda de força ao redor.

As dores de tendinite podem irradiar para a musculatura ao redor e até causar espasmos. De moderadas a intensas, elas podem piorar com a falta de repouso e a continuação dos movimentos que a provocaram, tornando-se crônica.

Esses sintomas são gerais e não necessariamente estão presentes em todos os casos de tendinite. Isso significa que, assim como os demais quadros clínicos, o diagnóstico deve ser feito por um profissional – ortopedista ou fisioterapeuta. Por meio do histórico do paciente, o profissional identificará se é tendinite ou outro tipo de problema.

Como tratar a tendinite?

O tratamento mais comum é manter o repouso, para que a tendinite moderada consiga desinchar e reestabelecer seu movimento normal. As primeiras dores podem sinalizar que há uma sobrecarga no local, demandando observação dos hábitos e diminuição urgente do movimento, de modo a evitar danos maiores.

Se a sobrecarga for momentânea, apenas cessar os movimentos pode melhorar. Mas se os movimentos contínuos permanecerem, a dor voltará com mais intensidade e será preciso procurar um fisioterapeuta, que fará os testes clínicos e iniciará o tratamento.

Para ajudar a controlar a dor em sua fase aguda e o inchaço excessivo do local, é recomendado aplicar compressas de gelo. A acupuntura pode ajudar a curar a inflamação bem como a prevenir novas crises.

Entretanto, a principal medida para que a dor não retorne é mudar a postura no trabalho e nas atividades físicas. Eliminar os hábitos que vieram a provocar o problema, fazer constantes alongamentos e exercícios de fortalecimento com acompanhamento de um profissional especializado são medidas essenciais para fortalecer a região muscular e evitar episódios de tendinite.

Como prevenir a tendinite?

Para evitar o aparecimento desse problema, é importante seguir algumas dicas:

  • Praticar exercícios de fortalecimento com acompanhamento adequado
  • Evitar movimentos repetitivos ou fazer pausas frequentes
  • Manter uma postura correta e não sobrecarregar o corpo
  • Realizar exames de rotina regularmente
  • Manter uma alimentação rica em vitaminas e minerais

Já tive tendinite. Como evitar que a dor volte?

Alguns hábitos devem ser adotados para evitar o reaparecimento da tendinite. São eles:

  • Correção postural
  • Assegurar ergonomia no trabalho
  • Fortalecimento da musculatura com acompanhamento profissional
  • Realizar pausas durante esforços repetitivos

Agora que você já sabe o que é a tendinite, suas causas, consequências e prevenção, é hora de cuidar do seu organismo! Aqui na Homeostase, nós avaliamos detalhadamente o quadro de cada aluno, de modo a preparar uma planilha de exercícios direcionada às suas necessidades.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − treze =