Blog Homeostase

O seu momento de conferir conteúdos sobre saúde,
bem-estar e qualidade de vida.

Sete motivos para você não parar de fazer exercícios no inverno

Nos dias frios, é preciso deixar a preguiça de lado e praticar exercícios físicos. Você só ganha em continuar se movimentando, mesmo com as baixas temperaturas.

A temperatura caiu e a sua vontade de praticar exercícios no inverno também esfriou? Tudo bem, isso é supernormal! Mas apesar do friozinho pedir aconchego, movimentar o corpo precisa continuar sendo uma rotina.

Os exercícios físicos são uma ajuda e tanto para se livrar das calorias extras que acompanham aquela vontade de comer guloseimas nos dias frios. Além disso, é nessa época do ano que o corpo responde melhor à perda calórica. Bons motivos para se animar, não é mesmo?

Pois saiba que existem ainda outras razões que vão ajudar você a mandar a preguiça embora e manter os treinos, mesmo com as baixas temperaturas. É o que vamos mostrar neste artigo, preparado especialmente para dar um gás na sua vontade de se exercitar, ao invés de ficar encolhido embaixo das cobertas.

 

Exercício no inverno é aposta em qualidade de vida

Se você treina de manhã, acordar cedo para praticar exercícios físicos no inverno pode ser uma tortura, não é mesmo? As baixas temperaturas causam reações em nosso corpo para reter o calor, como o aumento na tensão das fibras musculares, a contração dos vasos sanguíneos e a dificuldade na irrigação do sangue. Respostas do organismo que podem causar desconforto durante a atividade física.

Entretanto, saiba que vale a pena deixar a preguiça de lado e manter a sua rotina de treinos. O pilates, por exemplo, ajuda no alongamento e a evitar a rigidez da musculatura, sem falar que melhora a postura e também proporciona uma sensação de bem-estar nesses dias gelados.

Além disso, para quem busca o emagrecimento, essa época do ano é considerada o período perfeito para acelerar a queima calórica.

Nós vamos explicar como isso tudo funciona. E ainda dar outras boas razões para lhe ajudar a não desistir dos treinos e encarar de frente os exercícios físicos no inverno.

 

1. Maior gasto calórico

Quer uma boa notícia? A atividade física no inverno gasta mais calorias! Sim, é verdade, uma vez que o corpo precisa de mais energia para manter a temperatura em níveis fisiológicos saudáveis.

Ou seja, para se aquecer nos dias frios, o nosso organismo acelera o metabolismo, com gasto calórico maior. Processo que ajuda no emagrecimento, otimizando os treinos que buscam a redução de gordura.

 

2. Queima dos excessos alimentares

O frio traz com ele não só aquela vontade de comer mais, mas também nos faz sentir água na boca por alimentos mais calóricos. É um mecanismo instintivo que, muitas vezes, nos leva a cometer alguns excessos. E aí o acúmulo de gorduras é quase inevitável.

Portanto, para que essa conta não resulte em quilinhos a mais, é fundamental praticar exercício físico e gastar o que foi consumido. Vale a pena investir nesse equilíbrio, se permitindo também momentos de prazer com a boa gastronomia.

 

3. Corpo mais aquecido

A prática de atividade física no inverno é ideal para o aumento da temperatura corporal. Ou seja, manter-se ativo é uma forma prática e saudável de dar um “chega para lá” no frio.

Mas esteja atento ao que vestir! Use roupas esportivas de tecido adequado, optando por blusas com mangas longas e calças quentinhas. Proteja as extremidades como mãos, pés e face, que são os pontos mais atingidos pelas baixas temperaturas. Luvas e gorros são excelentes aliados, principalmente para quem gosta de caminhadas ou corridas em espaços públicos.

 

4. Melhoria do estado emocional

Nas áreas mais frias do Brasil, como a Região Sul, a soma do frio com os dias cinzas pode levar à depressão. A prática de exercícios físicos favorece a concentração de endorfina, substância que promove bem-estar e ajuda no tratamento da doença.

Estudos apontam que o aumento das dosagens desse hormônio pode ocorrer até 72 horas após o exercício. Portanto, quanto maior frequência, mais benefícios para o seu estado emocional.

 

5. Distância do sedentarismo e seus problemas

O inverno nos remete ao cobertor quentinho, à cama gostosa ou ao sofá bem confortável, para uma maratona de séries. Acontece que, sem exercícios ou algum tipo de movimentação, seu condicionamento físico vai embora.

Claro que não comparecer em uma aula ou outra não é crime, pois todos nós merecemos dias de descanso. Mas fique ligado: o sedentarismo é considerado uma doença, capaz de gerar muitas outras, e deve ser evitado em todas as estações do ano.

 

Por que escolher a Homeostase

Quando o assunto é dar um fim à preguiça dos dias frios, a Clínica Homeostase tem ótimas opções para a prática de exercícios físicos com o acompanhamento dos melhores especialistas.

São atividades de personal trainer,  pilates, musculação funcional em dupla ou personalizada para quatro pessoas, com treinos muito bem elaborados, a partir de uma avaliação física minuciosa, de acordo com o perfil do aluno.

Em cada aula, o serviço de personal trainer ajuda na motivação para que a prática de atividade física aconteça, mesmo com as baixas temperaturas, acompanhando de perto a sua evolução. E se você quiser ficar no conforto do seu lar, não tem problema. Existe a opção de treinar com um personal trainer on-line da Homeostase, para garantir que o sofá ou a cama não vençam essa batalha.

Viu só como praticar exercício físico no inverno ajuda a manter a sua saúde e bem-estar? Entre em contato com a nossa equipe e venha para a Homeostase aquecer o corpo, sem deixar de lado o primordial investimento em qualidade de vida!

Matérias relacionadas
Abrir chat
(19) 97600-0134