Blog Homeostase

O seu momento de conferir conteúdos sobre saúde,
bem-estar e qualidade de vida.

  • Home
  • |
  • Blog
  • |
  • Posts
  • |
  • Entenda por que é importante o exercício físico acompanhado depois da COVID-19

Entenda por que é importante o exercício físico acompanhado depois da COVID-19

Muitos pacientes que foram infectados pelo novo coronavírus sofrem com algum tipo de sequela, o que torna indispensável o retorno acompanhado à atividade física.

 

Depois de se recuperarem da COVID-19, alguns pacientes apresentam sequelas, como o comprometimento do pulmão e do coração. A OMS orienta a prática de atividade física acompanhada, como parte do processo de recuperação.

Infelizmente, algumas pessoas infectadas pelo vírus Sars-CoV-2 acabam ficando com sequelas. São resquícios de cansaço, fraqueza muscular e tosse. Sem falar na redução da capacidade pulmonar e nos problemas cardíacos. O que torna fundamental a atividade física no acompanhamento pós-COVID-19.

As consequências são mais frequentes em pessoas que apresentaram o quadro grave. Mas podem ocorrer em cenários moderados da doença. E os benefícios da prática de exercícios, como parte do processo de recuperação, são uma das poucas certezas que se tem sobre o coronavírus. Eles contribuem muito para a reabilitação dos pacientes.

Porém, quem teve COVID e pretende incluir uma rotina de exercícios para potencializar a recuperação precisa estar atento a algumas recomendações. Não abrir mão do acompanhamento por profissionais especializados é uma delas.

Saiba mais sobre o assunto lendo esse artigo especial que preparamos!

 

A COVID-19 e suas sequelas

Após a recuperação da COVID-19, os pacientes podem acabar tendo que encarar algumas sequelas. Há pessoas, por exemplo, que sofrem com alguns danos causados ao pulmão.

Um estudo publicado pelo The Lancet Respiratory Medicine avaliou 138 pacientes hospitalizados com a doença em Wuhan, na China, o primeiro epicentro da pandemia. A pesquisa apontou que 61% desenvolveram a síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA).

Alguns casos podem ser regenerados, dependendo da gravidade do quadro. Mas, infelizmente, a SDRA pode resultar em sequelas graves, como a fibrose pulmonar, que fica para sempre.

No caso dos fumantes, a situação é ainda pior. Além do cigarro aumentar o risco de contrair a doença, ele pode desencadear a forma grave dela, uma vez que o tabaco deixa os pulmões mais vulneráveis às infecções respiratórias.

Entretanto, o comprometimento cardíaco também tem sido descrito como uma complicação frequente, como decorrência da COVID-19. Existem relatos de alterações no coração até cerca de 70 dias após o diagnóstico da doença que não se correlacionam, necessariamente, com a gravidade do caso.

Sendo assim, quem já passou pelo coronavírus precisa de cuidados especiais, como acompanhamento médico, check-ups frequentes e um estilo de vida mais saudável. E o exercício físico orientado é fundamental em todo esse processo de recuperação.

 

A atividade física pós-COVID-19

A possibilidade de reinfecção e as variantes mais agressivas exigem a manutenção do uso de máscara, do álcool em gel, do distanciamento social e da prática de alguma atividade física! E além desse protocolo básico, é necessária toda a atenção a esse conjunto de efeitos pulmonares e cardíacos do novo coronavírus.

De olho nisso, a Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE) e a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) publicaram um manual com uma série de recomendações sobre a recuperação da COVID-19. O que vale tanto para atletas profissionais, como para quem apenas se exercita pela saúde e pelo bem-estar.

No documento, as entidades apontam os seguintes pontos de atenção, para quem pretende reiniciar alguma atividade física, depois de passar pela COVID-19.

  • Em primeiro lugar, é necessário esperar pelo menos duas semanas (14 dias) sem ter sinais da COVID-19 para se considerar curado. Mesmo que os sintomas tenham cessado, ainda pode haver uma carga viral no organismo, capaz de infectar outras pessoas.
  • O próximo passo é a avaliação médica antes do retorno à prática de exercícios e esportes. A Partir de alguns exames, é possível avaliar as consequências da doença no organismo, dependendo da gravidade do quadro daquele paciente em específico.
  • É fundamental, também, procurar clínicas especializadas e profissionais qualificados para uma reabilitação segura. Lembrando que o retorno à prática de exercícios deve ser gradual.
  • Quem sofreu com as formas graves e moderadas da COVID-19 deve procurar o médico após 60 dias, ou de acordo com a orientação que receber. Também vale uma ida ao consultório em casos de sinais de palpitação, falta de ar ou cansaço desproporcional durante e depois da atividade física. Isso vale mesmo para quem desenvolveu sintomas leves.
  • Saiba que a Organização Mundial da Saúde (OMS) defende o exercício físico como parte da recuperação pós-COVID. Para adultos de 18 a 65 anos, o órgão preconiza pelo menos 150 minutos de exercícios aeróbicos por semana, de leves a moderados. Ou 75 minutos de atividade intensa e duas sessões semanais de treinamento de força.

 

Homeostase

 

A Clínica Homeostase é o lugar ideal para a reabilitação pós-COVID-19 segura e eficiente. Aqui, você conta com o acompanhamento de profissionais altamente capacitados, que vão preparar um treino personalizado para quem passou pelo coronavírus. Todo o seu histórico será levado em conta, com a análise minuciosa dos seus exames, aliados a uma avaliação física pensada para ajudar aqueles que buscam uma vida mais ativa e saudável. E sempre respeitando as orientações médicas e os limites de cada um.

 

Além disso, a Homeostase possui um programa de reabilitação cardíaca voltado para pacientes pós-cirúrgicos ou para quem apresentar algum sintoma relacionado a essa patologia. Sempre alinhada com o seu médico e com todo o cuidado possível.

 

Também é importante lembrar que sair do sedentarismo ajuda não só o corpo, mas é essencial para a mente. Vivemos tempos em que a saúde mental merece atenção, principalmente para quem passou pelo coronavírus e quer novos hábitos para a sua vida.

 

Outro destaque da Homeostase é que ela oferece aulas on-line, o que é uma grande vantagem em tempos ainda de distanciamento social. As aulas por vídeo com o personal trainer são preparadas de acordo com as necessidades do aluno. Antes de cada aula, ele conversa com você para ajustar os exercícios e promover um desenvolvimento seguro e saudável.

E aqui você ainda encontra um ambiente agradável, em espaço tranquilo e familiar, com estacionamento gratuito, vestiários e uma área para aquele café gostoso depois do treino.

Entre em contato com a gente ou faça uma visita. Vamos ter prazer em mostrar os nossos serviços voltados para o melhor atendimento para quem passou pelo coronavírus!

Matérias relacionadas
Abrir chat
(19) 97600-0134