Musculação para idosos: descubra como começar e quais as recomendações!

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Musculação para idosos é muito importante para aumentar a qualidade de vida, a longevidade e evitar o desenvolvimento de doenças. Conheça os benefícios!

Os benefícios das atividades físicas não diferem muito entre jovens, adultos e idosos. Embora façam parte de um grupo especial, que demanda cuidados específicos, é extremamente importante que idosos se exercitem com frequência. Assim, é possível conquistar não apenas uma saúde melhor, mas uma maior qualidade de vida. Nesta matéria de blog você vai entender quais são as principais recomendações de musculação para idosos. Confira!

 

Quais são os exercícios mais recomendados para idosos?

Duas modalidades de exercícios são recomendadas para os idosos: aeróbicos e de força. Os exercícios aeróbicos envolvem caminhada, ciclismo, hidroginástica e natação, e são os mais conhecidos por esse público. No entanto, os exercícios de força também são recomendados, como o pilates e a musculação para idosos.

Com o processo de envelhecimento, a massa muscular e a massa óssea podem sofrer grandes comprometimentos. Embora seja pouco difundido nesse grupo, o treinamento de força pode gerar grandes benefícios nesses aspectos, impedindo e atrasando muitas consequências da idade.

 

Existem exercícios que o idoso possa fazer sozinho?

Sim. Caminhada é a modalidade mais indicada. Isso porque ele pode sair da própria casa, andar pelo bairro, ir até praças, e inclusive socializar com outros idosos. Isso contribui não apenas para a saúde física, mas também para a saúde mental e para a motivação.

 

Musculação para idosos: existe risco? Quais os benefícios?

Idosos devem, sim, fazer musculação. Essa modalidade de exercícios é altamente recomendada, desde que feita de forma correta e supervisionada por um profissional, o que evita que o idoso corra riscos.

O processo de envelhecimento causa diversas modificações no corpo, o que acaba comprometendo a saúde, seja por meio de doenças degenerativas (osteoporose, artrose, sarcopenia), ou por perda de força, de flexibilidade e de equilíbrio. A musculação promove diversos benefícios ao organismo, como:

– Manutenção e ganho de massa muscular e óssea: evitando e retardando o desenvolvimento de doenças degenerativas;

– Aumento da força: uma musculatura mais forte auxilia nas atividades diárias dos idosos, além de proteger as articulações, que já são comprometidas por conta dos desgastes;

– Melhora do equilíbrio: evitando quedas, que podem levar a problemas graves quando associadas à osteoporose, causando fraturas;

– Diminui o risco e a incidência de doenças: exercícios previnem não apenas doenças degenerativas (como a osteoporose), mas também doenças metabólicas (hipertensão, diabetes etc.).

 

Musculação para idosos aumenta a expectativa de vida?

Dados do IBGE mostram que, ano após ano, a expectativa de vida vem aumentando, e as atividades físicas têm uma boa parcela nisso. Os dados atuais mostram que as doenças cardíacas estão entre as principais causas de morte em idosos, e a prática de exercícios físicos é uma excelente aliada à prevenção de doenças dessa natureza.

 

Quais cuidados são necessários?

Diversos pontos merecem atenção. Cada um tem sua individualidade, suas restrições e limitações, no entanto alguns pontos são comuns. O treinamento deve ser feito de forma progressiva, com monitoramento constante das intensidades de cargas (tanto musculares quando cardiovasculares), para evitar comprometer articulações e o coração.

 

É necessário ter acompanhamento?

Para que todos os cuidados mencionados sejam tomados, é de extrema importância que um profissional capacitado acompanhe a realização dos exercícios e o desenvolvimento das atividades. Assim, será monitorada a intensidade, a duração, a adaptação, e tudo o que o idoso precisa para que os exercícios não apresentem riscos.

 

Qual é a frequência ideal de musculação para idosos?

É ideal que a terceira idade pratique exercícios 3 a 4 vezes por semana. Entretanto, isso não significa apenas musculação. O melhor é intercalar, por exemplo, um dia fazendo musculação e outro realizando atividades aeróbicas. A duração recomendada é de, em média, 30 a 60 minutos, no período em que o idoso se sentir mais confortável.

 

Como motivá-los a entrar na rotina?

Para incentivar a começar, é importante que o idoso conte com o apoio de familiares e com a indicação do médico que o acompanha. Após certo tempo de realização de atividades físicas, os efeitos passam a ser perceptíveis em seu bem-estar, o que faz com que ele se sinta pessoalmente motivado a praticar constantemente.

 

Existe outra recomendação além da musculação para idosos?

Assim como para as demais faixas etárias, além da atividade física regular, a alimentação balanceada e saudável é imprescindível. Essa rotina alimentar pode ser orientada por um nutricionista ou nutrólogo.

Além disso, é de extrema importância que o idoso esteja em dia com seus exames e seja constantemente acompanhado por seu médico, de modo a garantir que os efeitos desejados sejam alcançados de maneira saudável.

 

Como funciona a musculação para idosos na Homeostase?

Primeiramente, é realizada uma análise de todos os dados do idoso, como suas características físicas e seus exames médicos. A seguir, o professor acompanha o aluno até a área de musculação para a realização de alguns testes, que avaliarão flexibilidade, força, a condição cardiorrespiratória. Com essas informações em mãos, será criada uma rotina de exercícios com a intensidade e o direcionamento que atendam a necessidade dele.

Aqui na Homeostase, o idoso sempre terá sua hora marcada para fazer os exercícios. Assim, poderá treinar de forma segura, com uma equipe multidisciplinar e capacitada para acompanhar e aprimorar todos os quesitos na sua saúde, melhorando sua qualidade de vida.

 

Entre em contato conosco para saber mais e tirar eventuais dúvidas!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + seis =