Blog Homeostase

O seu momento de conferir conteúdos sobre saúde,
bem-estar e qualidade de vida.

Nutrição Funcional Na Obesidade: Saiba mais!

Você sabe como a nutrição funcional pode atuar na prevenção e tratamento da obesidade?

Segundo a organização mundial da saúde, a obesidade vem aumentando consideravelmente nos últimos trinta anos, sendo considerada atualmente um dos maiores problemas de saúde pública.

Mas porque e como ocorre a obesidade ?

Atualmente é sabido que não se causa obesidade por apenas um balanço energético positivo (COMER MAIS DO QUE SE GASTA). A obesidade está relacionada á fatores multifatoriais tais como: fatores fisiológicos, hormonais, genéticos, ambientais e comportamentais.

Em indivíduos obesos ocorre o aumento de diversas moléculas inflamatórias que estão diretamente relacionadas com  doenças metabólicas. Tais como: aterosclerose, doenças imunológicas, resistência á insulina, diabetes tipo 2, e câncer. Essas moléculas inflamadas também favorecem o aumento de adipocinas que aumentam o estresse oxidativo, deixando o indivíduo em uma estado de inflamação crônica. É onde uma nutrição adequada entra para combater essa doença e reverter o quadro.

Temos em mãos alimentos e compostos bioativos com propriedades hepatoprotetoras , antioxidantes e anti- inflamatórias para nos auxiliar nesse processo.

Alguns exemplos:

  • Alho: possui compostos sulfurados, como alina e a alicina que possuem propriedades hepatoprptetoras, antioxidantes e anti- inflamatórias.
  • Chá verde: possui catequinas que possuem antividade antioxidantes, combatendo os radicais livres e prevenindo alguns tipos de cânceres.
  • Extrato de Romã: possui atividade hepatoprotetora e antioxidante. Já a polpa da fruta possui atividade antioxidante bastante elevada.
  • Curcumina: composto bioativo da cúrcuma, possui atividade de proteção á células do fígado ou seja , hepatoprotetora além de possuir atividade antioxidantes e anti-inflamatórias.
  • Gengibre: devido a presença dos gingeróis um dos princípios ativos mais conhecidos do gengibre, ele possui atividade anti-inflamatória e antioxidante. Vale lembrar que o gengibre também aumenta a termogênese.
  • Canela: A “ queridinha da vez” a canela possui efeitos antioxidantes, imunomodulatórios, anti- inflamatório, anticancerígenos, anticolesterolêmicos e antidiabéticos , pois estabiliza a glicemia.
  • Óleo de coco: Por ser rico em um tipo de gordura chamada TCM (triglicerídeos de cadeia media) o óleo de coco tem se mostrado eficiente na perda de peso. Uma vez que o TCM não se estoca em forma de gordura nos adipócitos (células de gordura) e com isso favorece principalmente a redução de gordura visceral. Além disso o óleo de coco tem atividade antioxidante e anti-inflamatória.
  • Pimenta vermelha: A responsabilidade é da capsaicina um composto bioativo da pimenta vermelha. Possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidante em nível hepático.

Desse modo, podemos ver que a nutrição é de extrema importância para reverter o quadro da obesidade. Mas não é a única intervenção a ser feita. Como citado anteriormente, a obesidade é uma interação entre fatores genéticos, ambientais, hormonais e comportamentais.

São necessárias mudanças nos estilo de vida, como reeducação alimentar, pratica de exercício físico regularmente, equilíbrio emocional, entre outros.

Mas não se esqueça: Para cuidar da sua alimentação, procure um nutricionista, ele é o único profissional apto para cuidar do seu plano alimentar de forma eficiente.

HOMEOSTASE FITNESS & WELLNESS

Matérias relacionadas
Abrir chat
(19) 97600-0134