Obesidade: como tratar e emagrecer de forma saudável

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A obesidade é um dos grandes males da atualidade. Em média, cerca de 641 milhões de pessoas sofrem com a doença no mundo inteiro. Crianças, adolescentes, jovens e adultos estão inseridos nesta realidade. E o perigo não para por aí. Confira:

A obesidade pode desencadear outras complicações crônicas que podem matar, como diabetes, hipertrofia ventricular e hipertensão. Além de tudo isso, a doença compromete o sono e a disposição para realizar atividades comuns do dia a dia. Mas por que a doença ainda tem se propagado mesmo com o acesso à informação?

A obesidade pode ser desencadeada por diversos fatores. A alimentação, porém, é a grande vilã da doença. A indústria alimentícia e grandes redes ainda têm espaço para incentivar o consumo de gorduras trans, carnes embutidas, comidas com alto teor de carboidratos e açúcar. É preciso, ainda, analisar o contexto social em que estamos inseridos, em que grande parte das famílias brasileiras não consegue ter refeições equilibradas por diversos motivos.

Obesidade mórbida: a doença ganha novas preocupações

A obesidade é dividida em alguns níveis de gravidade. Quando o Índice de Massa Corporal (IMC) atinge 40 todo o quadro é alterado para o grau de obesidade mórbida. Neste caso, o cuidado e atenção devem ser redobrados, inclusive nas etapas de tratamento da doença. O grande perigo está nas doenças associadas ao problema. A hipertensão e a diabetes se tornam fatores mais arriscados ainda.

Principalmente neste caso, o paciente não pode de maneira alguma tentar emagrecer sem acompanhamento médico. É preciso avaliar as condições do coração e demais órgãos fundamentais, além de seguir uma dieta prescrita por médicos e nutricionistas especializados em tratamento de pessoas obesas. Na hora de praticar exercícios, é fundamental estar sempre ao lado de um profissional da educação física para garantir a segurança e evitar lesões.

Mudança de hábitos

As políticas públicas de incentivo a uma vida mais saudável ainda são limitadas. No entanto, nos últimos anos iniciou-se movimentos que estimulam uma rotina mais harmoniosa com o próprio corpo. Seja na comunidade, no ambiente de trabalho ou nas escolas, cada vez mais a alimentação balanceada e prática de atividades físicas vão ganhando espaço.

Há, também, um crescimento significativo de pessoas praticando variadas atividades em parques, academias e espaços de convivência. Além das tradicionais caminhadas, corridinhas, ciclismo e natação, atividades como yoga e treinos funcionais se popularizam nesses locais.

Saúde em primeiro lugar

O tratamento da obesidade mórbida deve ser baseado em uma alimentação equilibrada e com os nutrientes necessários para manter a saúde. A prática de atividades físicas também deve estar de acordo com a realidade do paciente. Ou seja, é preciso paciência e perseverança. Afinal, a transição entre uma vida sedentária para uma ativa precisa ser trabalhada no dia a dia.

Outras questões também devem ser avaliadas quando se decide mudar os hábitos alimentares. Doenças como a depressão e transtornos de ansiedade costumam ser fatores comuns, que tanto são desencadeados quanto influenciam a obesidade. Por isso, o acompanhamento psicológico se torna essencial para pessoas que passam por esse processo.

A Homeostase conta com uma equipe multidisciplinar para orientar e atingir os objetivos de quem quer emagrecer. Seguindo todos os protocolos com responsabilidade e perseverança, o emagrecimento sadio e permanente é certo. Agende sua avaliação!

 

Agendar Avaliação Gratuita

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =